Destino


Município de Maxaranguape

Em 1832, às margens do rio Maxaranguape, a existência do povoado já era uma realidade, formada na maioria por pescadores e veranistas. Ao redor da Capela de Nossa Senhora da Conceição surgiam moradias simples, escola e as casas de veraneio dos senhores de engenho do vale do Ceará-mirim. Dois fatores importantes para o crescimento do povoado foram a boa qualidade de suas terras e a pesca farta. Por causa da grande seca que se abateu no Rio Grande do Norte, nos anos de 1877 e 1879, grande número de sertanejos fugindo da estiagem deixaram suas terras de origem em busca de novos horizontes e chegaram ao vale fértil do Maxaranguape. Naqueles tempos de falta de chuvas, finalmente, encontraram o oásis procurado. Ali se fixaram constituindo famílias, plantando sementes, colhendo frutos da terra e do mar e participando do engrandecimento da região banhada pelo rio perene que deságua no oceano atlântico, na formosa Barra de Maxaranguape.

Como chegar?
Saindo de Natal segue pela BR-101 no sentido litoral Norte. Após o acesso à praia de Pitangui, pegue a estrada para Muriú. Maxaranguape fica a 7 km de Muriú.

Praia de Maracajaú
Maracajaú é uma pequena vila de pescadores com aproximadamente 2.000 habitantes, localizada a 60 quilômetros ao norte de Natal no Rio Grande do Norte é conhecida por ser um paraíso do mergulho. Ela possui águas cristalinas e é excelente para prática de mergulho e snorkeling. Em seus famosos parrachos, deslumbrante recife de corais encontrados a 7 km da costa, podem ser admiradas centenas de espécies da rica e colorida fauna e flora oceânica, formando um maravilhoso aquário natural. Também é onde fica situado o Ma-noa Park, um excelente lugar que reúne diversão e tranquilidade para toda a família.

Significado do Nome
Provem do Tupi Maracaiá-u (o rio dos maracajás), maracajás é o mesmo que “Jaguatirica” (gato do mato).